IMPORTANTE

CURSO PLANO DIRETOR TEVE APROVAÇÃO DE 80%
O Curso de Capacitação em Plano diretor Participativo teve sala cheia e avaliação positiva, com 80% de Ótimo e Bom. VEJA DETALHES.

PERDEMOS MALU – NOSSA AMIGA E GRANDE PROFISSIONAL
Temos a missão de informar o falecimento de Maria Luiza dos Santos Mota ocorrido no domingo, 30 de março de 2014, vencida por um tumor no pâncreas, após sofrido período de luta.
CONHEÇA MAIS SOBRE A MALU.

PRÓXIMO CURSO: PLANO DE MOBILIDADE URBANA
A Lei Nº 12.587, de janeiro de 2012, institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana e determina, como regra geral, que os Municípios com mais de 20.000 habitantes elaborem o Plano de Mobilidade Urbana (PMU), levando em conta as disposições do Plano Diretor.
Os Municípios tem o prazo máximo de 3 anos a partir de 2012 para elaborar seus planos de mobilidade urbana, ou seja, até janeiro de 2015. Passado esse prazo, as cidades que não tiverem elaborado o plano não poderão receber do Governo Federal recursos financeiros destinados à mobilidade urbana, até que elaborem o PMU.

CLIQUE
para inscrever-se ou saber mais.

GRUPO DE DISCUSSÃO PLANEJAMENTO SUSTENTÁVEL
Esta é uma proposta de um espaço para exposição e debates de temas urbanísticos e sociais – no formato de Grupo de Discussão. Contamos com sua participação, como forma de enriquecer os debates e difundir conhecimentos. Traga suas dúvidas, propostas e opiniões.
CONHEÇA
.
CLIQUE para solicitar Inscrição.

PLANO DE MOBILIDADE URBANA:
SEU MUNICÍPIO JÁ TEM?

O acesso a recursos federais está vinculado à apresentação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana.
A TECTON / Instituto CIDADE está habilitada para desenvolver este Plano, preparar as equipes municipais, bem como prestar consultoria.
ENTRE EM CONTATO e peça sua Inscrição.

PLANO DIRETOR  

É o instrumento dos governos municipais voltado à definição do padrão de desenvolvimento da ocupação urbana do seu território.

Através dele são identificadas e analisadas suas características físicas, suas atividades predominantes e suas vocações, bem como as situações problematizadas e potencialidades; para, em conjunto com a sociedade organizada, determinar a forma de crescimento a ser promovido, seus instrumentos de implementação e os objetivos a serem alcançados.

T
rata-se da ferramenta adequada à racionalização do uso dos recursos públicos para a melhoria da qualidade de vida da população e a preservação dos recursos naturais.

LINKS ÚTEIS

Conheça alguns importantes sites institucionais e de pesquisa. Clique aqui.
 
DOWNLOADS

Baixe arquivos de Legislação e Mapas. Clique aqui.
LEMBRE-SE
CONSULTORIA PARA PLANO HABITACIONAL E PLANO DIRETOR
As Prefeituras de Ourinhos, Franco da Rocha e Pindamonhangaba, no Estado de São Paulo, e Cocal do Sul e Orleans, no Estado de Santa Catarina, puderam contar com o Instituto CIDADE na elaboração de seus Planos Diretores Participativos. Hoje, Limeira, Pindamonhangaba, Mogi Mirim e Taquarituba são apoiados pelo Instituto CIDADE na formulação de seus Planos Locais de Habitação de Interesse Social.
CONSULTE-NOS para apoiá-los na implementação do Plano Diretor ou do Plano de Habitação em sua cidade.

DÉFICIT HABITACIONAL BRASILEIRO CAI
O déficit habitacional brasileiro é de 5,6 milhões de unidades, com redução de 450 mil moradias entre 2007 e 2008.
O resultado final do estudo, realizado pela Fundação João Pinheiro, revela queda de 6 milhões para 5,572 milhões de moradias, conforme reponderação do indicador da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2007, fonte do “Déficit Habitacional no Brasil”.
SAIBA MAIS
.

ESPAÇO URBANO DOS PEDESTRES
O maciço deslocamento da população brasileira da área rural para a área urbana, desde a década de 50, e a expansão automobilística contribuiram no crescimento desordenado das cidades, comprometendo os espaços que deveriam ser dedicados aos pedestres.
CLIQUE para conhecer uma entidade sem fins lucrativos criada com a missão de trabalhar pela garantia dos direitos e fomento dos deveres dos pedestres, ciclistas e assemelhados.

iCIDADE É PREMIADO NO CONCURSO MORAR CARIOCA
A equipe do Instituto CIDADE é premiada em concurso público de conceitos e práticas promovido por SMH/IAB-RJ, tendo tido seu trabalho selecionado para referenciar projetos a serem desenvolvidos junto à Secretaria Municipal de Habitação da Cidade do Rio de Janeiro para a urbanização de 215 favelas. No aniversário do IAB-RJ ocorreu o Lançamento do Catálogo com a publicação de todos os projetos, seguindo-se a Diplomação das Equipes Premiadas, com o fornecimento dos Certificados. Clique aqui para SABER MAIS. CONFIRA a premiação.

iCIDADE RECEBE PREMIO NO CONCURSO HABITAÇÃO PARA TODOS
Equipe composta por membros do Instituto CIDADE, desenvolve projeto de "Moradia Coletiva Individualizada" em edifício de 3 pavimentos. Na proposta todas as unidades possuem acesso individualizado, planta personalizada, vaga privativa e área externa própria. Proposta recebe 2o lugar na premiação CDHU/IAB-SP.
SAIBA MAIS. VEJA os premiados.

TEXTOS DO PLANOS DIRETORES INFORMA
Você pode baixar os textos publicados no nosso Boletim:
:: PLANOS PARTICIPATIVOS DEMANDAM CAPACITAÇÃO, P M C Guglielmi, PD Informa 1
:: A HORA E A VEZ DO PLANO DIRETOR, W M Bossi, PD Informa 2
:: DIREITO DE SUPERFÍCIE NA LEI 10.257/2001 (uma primeira leitura), M Castro, PD Informa 3
:: A IMPORTÂNCIA DOS EMPRESÁRIOS NA ELABORAÇÃO DOS PLANOS DIRETORES PARTICIPATIVOS, I S Moraes, PD Informa 3
:: PLANO DIRETOR AMAZÔNICO, UMA UTOPIA OU INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO NECESSÁRIO?, I S Moraes, PD Informa 4
:: POR UMA POLÍTICA NACIONAL DE ACESSIBILIZAÇÃO URBANA, M G Queirós Fo. / E F Silva , PD Informa 5
:: PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO, P M C Guglielmi, PD Informa 6
:: EFEITO ESTUFA E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL, I S Moraes, PD Informa 7
:: A ILUSÃO DO PLANO DIRETOR , F Villaça, PD Informa 7
:: BIBLIOGRAFIA PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO, PD Informa 7

VENHA CONHECER OUTROS TRABALHOS
Conheça importante trabalho de análise e proposta desenvolvido por Pedro Guglielmi para a Favela Vila Praia, na Subprefeitura de Campo Limpo, em São Paulo:
MONOGRAFIA
DESENHOS

Currículo Pascoal PDF

Diagnóstico Pintassilgo

Plano Diretor 2014